Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu: dicas do que fazer e onde se hospedar

Demorei alguns convites para visitar a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, mas este ano finalmente decidi que era hora de conhecer as Cataratas do Iguaçu e, de quebra, dar uma esticadinha até o Paraguai e à Argentina.  A cidade é bem pequena e interessante com várias opções de lazer. Basicamente, visitei os pontos turísticos durante o dia e fui em bares à noite numa viagem bbb: boa, bonita e barata!

 

diana-viaja-foz-do-iguaçu-02.jpg
As cataratas do Iguaçu

Quanto custa viajar para Foz do Iguaçu? 

A passagem eu peguei usando milhas da Gol (Veja como juntar milhas aqui), mas custa cerca de R$ 400 saindo do Rio de Janeiro. Na hora de escolher hotel eu segui a recomendação da minha tia que já visitou foz dezenas de vezes e dei prioridade à localização. Por sorte o Groupon estava fazendo uma promoção de aniversário e consegui a hospedagem no hotel Mirante para duas pessoas por seis dias com uma tarifa total de R$ 364. Sendo assim, foi uma viagem econômica e que cabe no bolso de praticamente todo mundo.



Como Foz é uma cidade turística, há muitas opções de hotéis nos mais variados preços. Preferi um perto do Terminal de Transportes Urbano porque assim eu poderia economizar no transporte e andar para todo canto de ônibus. O Hotel Mirante fica bem em frente ao terminal. mas há outros nessa região como o Tarobá Hotel. Mas vale prestar atenção e não escolher um perto do terminal rodoviário, que é diferente. Meu sonho de hospedagem é o Belmond Hotel das Cataratas que fica dentro do parque nacional.

 

diana-viaja-hotel-mirante-foz
Quarto no Mirante Hotel

Como sair do aeroporto de Foz do Iguaçu para o hotel?

Para sair do aeroporto para o hotel há muitos táxis. Se você chegar durante o dia e estiver com pouca bagagem pode pegar o ônibus 120 bem na saída do aeroporto. Ele custa R$ 3,20 e leva até o Terminal Urbano. O táxi pode cobrar uma tabela fixa ou no taxímetro. Paguei R$ 60 no guichê logo no desembarque. O hotel me ofereceu um transfer por R$ 50 (diurno) e R$ 60 (noturno) para duas pessoas.

Cataratas Foz do Iguaçu via Argentina
A imensidão das Cataratas do Iguaçu visto do lado da Argentina

Reserve agora seu hotel para Foz do Iguaçu e garanta o melhor preço

 

Como andar por Foz do Iguaçu?

Há muitos táxis que prestam um serviço bem bacana, mas para economizar é possível andar de ônibus tranquilamente. Os ônibus são vazios (comparados com os do Rio) e a passagem custa R$ 3,20. No Terminal de Transportes Urbano (TTU) há placas indicando onde cada linha passa, então é bem tranquilo se locomover. No site da prefeitura há uma lista com os ônibus e os trajetos, incluindo os para o Paraguai e a Argentina (veja aqui). Para ir ao Parque Nacional, por exemplo, é só pegar o 120 – o mesmo que também passa no aeroporto.

Terminal Urbano em Foz do Iguaçu

Onde comer e beber em Foz do Iguaçu?

Foz é uma cidade pequena, mas como vive para o turismo tem boas opções de comida. Ao lado do meu hotel, no Centro de Foz do Iguaçu, havia a Churrascaria do Gaúcho. O rodízio de carnes custa R$ 29,90, sendo uma boa opção para almoço e janta. Há outra duas unidades na cidade e a comida é bem boa.

À noite para beber há muitos bares legais no Av. Jorge Schimmelpfeng. No número 288 fica o Capitão Bar tem um drinks e petiscos muitos gostosos. Reúne uma galera jovem e fica lotado, mesmo nos dias das semanas. Um táxi do centro até os lugares onde há os bares mais legais custa uns R$ 15.

Para quem gosta de hambúrguer como eu há um Madero por lá que fica no shopping. Para uma opção mais local há o Brasa Burguer uma hamburgueria e shawarmeria, que fica na Avenida Brasil, 319, no Centro. Os sanduíches são muito gostosos e ainda consegui beber uma cerveja artesanal por lá. Eles têm hambúrguer, opções de pratos e é o shawarma, o sanduíche árabe artesanal.

Roteiro para seis dias em Foz do Iguaçu  

– Ida + jantar numa churrascaria

Cataratas do Iguaçu do lado brasileiro + Macuco Safari

Passeio de barco do Macuco Safari

– Ida ao Paraguay para compras em Ciudad Del Este

– Visita a Puerto Iguazu, na Argentina e ao Free Shop

Puerto Iguazú, dicas de viagem

– Passeio para conhecer a Usina Hidrelétrica de Itaipu

– Ida ao Paraguai e à Argentina novamente

– Volta para o Rio

* Viagem realizada em setembro de 2016.

 





Booking.com

 

Leia também:

31 comentários sobre “Foz do Iguaçu: dicas do que fazer e onde se hospedar

  1. Eu adoro Foz. Moro em Curitiba e sempre que tem promoção de passagem eu vou para lá, nem que seja para passar um fim de semana. Sou apaixonada pelas Cataratas. A única coisa que eu não incluo mais nas minhas idas para Foz é atravessar para o Paraguai. Cansei das fortes emoções do outro lado da ponte. rs. Ótimo post!

  2. Foz de Iguaçu é lindo, já estive em Foz faz bastante tempo, sei lá, deve ter uns 15 anos isso. Tenho muita vontade de ir novamente e levar meu marido que não conhece. Adorei as dicas 😉

  3. Olha a vergonha, nunca fui a Foz! Tenho muita vontade, mas até hoje não tive a oportunidade de ir! Adorei o post, super completo, dá vontade de seguir passo a passo 🙂 Vou deixar ele guardado para quando eu for finalmente!

  4. E a minha vontade de conhecer as Cataratas do Iguaçu só aumenta lendo essas dicas maravilhosas. Faz tempo que planejo uma visita a Foz, mas estou sempre procrastinando 🙁 Estou sempre a procura de alguma promoção, mas tá difícil achar (não uso milhas), mas assim que surgir, não vou perder a oportunidade.

    Abraços

  5. Parabéns pelo post Diana!! Eu fui em um daqueles passeios de barco que chagam em baixo das cataratas menores e ainda lembro muito bem que a emoção foi tão grande e a força das água tão poderosa que quase fiquei sem fôlego!!! Abraços Dani

  6. Foz do Iguaçu é um destino que todo brasileiro deveria conhecer. Confesso que demorei anos para conhecer e só fui mesmo porque queria mostrar o Brasil ao meu marido (estrangeiro). Acabei muito impressionada com a beleza do lugar.
    Adorei o post
    Dani bispo
    abolonhesa.com

  7. AAAAAMO Foz do Iguaçu! Já visitei alotas vezes e persisto na vontade de voltar sempre! Belas e excelentes dicas, parabéns pelo post! Abraços

Deixe uma resposta