Google Maps sem internet

Como usar o Google Maps sem gastar internet do celular em viagens

Um dos problemas frequentes dos viajantes é a internet no celular. Se você viaja pelo Brasil, não quer gastar o plano de dados todo de uma vez e, quando viaja ao exterior, pode ficar sem internet se não tiver wifi ou não contratar um serviço internacional. Mas, como hoje em dia, é fundamental contar com mapas para se orientar, você pode baixá-los pelo Google Maps para consultá-los offline e ficar menos dependente da web.

O Google Maps permite que você use os mapas sem internet de maneira simples. Sabe como? Baixando os dados para o seu aparelho. O que eu sempre faço antes de viajar é ir até o aplicativo, selecionar as cidades que vou visitar e fazer o download da chamada “área offline”. São passos simples que me ajudam a fica tranquila em toda a viagem. E uso os mapas mesmo andando a pé por cidades como Nova York, São Paulo e Londres. E em lugares como a Chapada dos Veadeiros, onde o sinal de celular é ruim ou inexistente, os mapas foram a salvação para que a gente conseguisse andar com nosso carro pra lá e pra cá.

Passo a passo para usar o Google Maps sem internet

– Faça o download do aplicativo no seu celular pela Apple Store, se seu telefone for um Iphone, ou pelo Google Play se você tiver um celular com o sistema Android.

Google Maps offline

 

– Abra o aplicativo e clique no meu de configurações.

Google Maps

 

 

– Clique, então, em mapas off-line.

Google Maps

– Clique em Mapa personalizado e navegue até a cidade/ região desejada.

Google Maps offline

O aplicativo vai mostrar o tamanho do arquivo. Selecione a área certinha que você precisa, para não gastar muito espaço no celular. No meu exemplo, eu peguei a cidade de Miami, nos Estados Unidos.

Google Maps offline

 

– Clique em Download. Seu mapa ficará disponível por 30 dias. Se a viagem for de menos tempo você deletá-lo se quiser ou, se for de mais tempo, você pode atualizar o mapa e deixá-lo no celular enquanto precisar.

Google Maps sem internet

E aí, curtiu a dica de economia? Veja também outros posts com dicas de viagem.

 

 





Booking.com

 

Leia também:

Deixe uma resposta