Barcelona: dicas práticas para conhecer a segunda maior cidade da Espanha

Demorei algumas viagens para incluir a Espanha no roteiro, mas este ano, finalmente, visitei Barcelona, a segunda maior cidade do país. E, como já previsto pelos amigos viajantes, a cidade me encantou com as cores e sabores. As obras de Gaudí, o clima do Mediterrâneo e a sensação de que tudo funciona bem ajudaram.

Inicialmente, tinha reservado um hotel da rede Ibis (estilo bom, bonito e barato), mas acabei me hospedando na casa de uma grande amiga que está fazendo um mestrado lá. Por isso, economizei bastante porque com o Euro acima de R$ 4  a viagem fica bem mais cara. Barcelona é uma cidade pequena e bem fácil de se achar e, apesar de muito turística, os preços são mais baixos do que em cidades como Paris e Londres.




Como só fiquei cinco dias antes de pegar um cruzeiro  pelo Mediterrâneo e dois dias depois da viagem, acabei não fixando um roteiro. Fui adequando os passeios de acordo com o tempo e minha disposição. Nos dias de chuva fui para lugares fechados e nos dias de sol para Barceloneta.

Veja as melhores opções de hotel em Barcelona

Veja as dicas para conhecer Barcelona:

– Admirar as obras de Gaudí é atividade obrigatória e, mesmo que você não entenda de arte ou não aprecie arquitetura, vai se encantar com as formas e cores das obras. Tente visitar o máximo que conseguir. Por favor, visite a Casa Batlló e o Parc Güell.

– O sistema de transportes funciona muito bem. Você pode comprar o bilhete diário com viagens ilimitadas, chamado Hola BCN. Ou seja, pode andar para onde quiser pagando um preço fixo. Comprando online há 10% de desconto (veja aqui). Optei pelo de 5 dias e usei no metrô e no ônibus, Custou 32 euros. Ah e lá não tem Uber, só táxi.

diana-viaja-parc-guell
João e Maria aprovaram a janela de Gaudí

– A cidade tem Wifi grátis em todo canto. No shopping, na rua e nos monumentos há internet para usar a abusar.

– Cuidado com a segurança. Apesar de ser uma cidade linda e organizada, os pontos turísticos têm furtos (ouvi relatos durante a minha viagem). Por isso, todo cuidado é pouco. Nada de andar com mochilas nas costas ou ficar em multidões muito apertadas.

– Mesmo que você torça para o Real Madrid, visite o Camp Nou, a casa do FC Barcelona. O tour é imperdível.

camp-nou-00-diana-viaja
Camp Nou: conheça a história do Barça

– Vá a um restaurante de Tapas e beba Sangria de Cava. Eu adorei a Cervesaria Catalanã (C. Mallorca, 236, Rambla de Catalunya). Você demora um pouco para conseguir a mesa, mas vale muito a pena. Não é muito caro e dá para comer várias coisinhas deliciosas.

Processed with VSCO with f2 preset
Sangria em Barceloneta

– Explore Barceloneta.Durante o dia há pessoas fazendo atividades físicas e pegando sol. À noite animados barzinhos.

–  Reserve uma tarde para a Sagrada Família. A catedral só deve ficar completamente pronta em 2026, após 114 anos de obras. Gaudí foi um dos arquitetos da obra e está enterrado no subsolo. Compre o ingresso online (veja aqui) para evitar filas. Observe cada fachada para indetificar as passagens bíblicas.

diana-viaja-sagrada-familia-barcelona-gaudi

sagrada-familia-diana-viaja.jpg
Vitrais da Sagrada Família

– Perca-se pela Paseo de Grácia e pelas Ramblas. Andar é sempre o melhor jeito de conhecer um lugar. Então, deixe a vida te levar observando o vai e vem numa das maiores avenidas da catalunya.

– Para os apaixonados por hamburger sugiro o Bacoa (vários endereços na cidade) e o Hamburguesa Nostra (no shopping L’Illa Diagonal).

– Se quiser fazer compras em lojas como Disney, Fnac, Forever 21, Zara, Mango e Primark, por exemplo, visite o shopping L’illa Diagonal. A loja da Apple fica na Praça Catalunya, e é bem grande.

– Gaudí morreu atropelado por um bonde. Então, já sabe: preste atenção ao atravessar na rua para não repetir esse feito.

parc-guell-diana-viaja-02.jpg
Parc Güell: lindo até nos dias chuvosos

Leia mais:

Como vistar o Camp Nou?

Casa Batlló e Gaudí

Lisboa tem o melhor hostel do mundo, e você vai se sentir em casa



Booking.com

Um comentário sobre “Barcelona: dicas práticas para conhecer a segunda maior cidade da Espanha

  1. Adorei as suas dicas Di! Não sabia que ele tinha sido atropelado por um bonde! Esses artistas sempre no mundo da lua e não olha pra frente! Aff!
    Ficarei de olho pq se os bondes forem iguais aos de Sevilha, não fazem nenhum barulho!
    Vou pesquisar sobre a compra do ticket online, sempre bom pegar esses preços mais em conta.
    Sorte a sua que ficou na casa de uma amigona. Kkkk… os preços dos hotéis em Barcelona são de enlouquecer! Apavorada!

Deixe uma resposta