Buenos Aires, Casa Rosada, Tour Casa Rosada,

Casa Rosada tem visitas gratuitas nos fins de semana e feriados

Tirar fotos na frente da Casa Rosada, a sede do governo argentino, é fundamental para quem vai a Buenos Aires, mas o que pouca gente faz é visitá-la por dentro. Nos fins de semana e feriados, quando o presidente não está trabalhando, é possível fazer um tour no local gratuitamente. Para isso basta se cadastrar pela internet e comparecer na hora marcada com um documento de identidade.

A marcação pode ser feita com 15 dias de antecedência pelo site do governo https://visitas.casarosada.gob.ar/, e vale muito a pena. As visitas vão das 10h às 18h e são em espanhol. O tour em português é apenas o de 14h30. O passeio dura pouco mais de uma hora, e o visitante pode ir até na sala do presidente Maurício Macri que é devidamente decorada com uma foto da família e poucos objetos pessoais. Também vimos a sala do vice-presidente, mas infelizmente não é permitido fotografar nenhum dos dois gabinetes por questões de segurança.
Casa Rosada
A Casa Rosada é toda colorida por dentro
O mais surpreendente para mim foi perceber que o interior da casa é lindo, e em nada lembra o rosa exagerado da fachada. Por dentro o palácio tem paredes amarelas e um estilo luxuoso.  A casa começou como uma fortaleza e foi ali que a cidade nasceu e se transformou.
Casa Rosada
O arco que une os dois prédios
  Em 1580, pouco depois de fundação da cidade, era uma fortaleza. Mais tarde, em 1595, o governador Fernando de Zarate mandou fazer uma construção com paredes com vista para o rio. Finalmente, no início do século XVIII um  forte foi construído.
O lugar virou sede do governo em 1862. Nos anos seguintes, na gestão de Sarmiento (1868-1874), a Casa Rosada ganhou jardins e a fachada cor de rosa. Há duas teorias para a escolha do rosa: uma afirma que o rosa vem de uma mistura usada na época feita com cal e sangue de boi ou, ainda, a cor que unia a bandeira de dois grupos que brigavam pelo governo.
A formação da atual sede do governo começou em 1873, quando foi ordenada a construção do edifício dos Correios, na esquina das ruas Balcarce e Hipólito Yrigoyen. Alguns anos depois, o presidente Julio A. Roca decidiu fazer a construção do Palácio na esquina das ruas Balcarce e Rivadavia, semelhante ao vizinho edifício. Os dois edifícios foram unidos em 1886 por um arco que é possível se ver na entrada da Casa Rosada, na Praça de Mayo.
Vale lembrar que era das sacadas da Casa Rosada que Evita Peron fazia seus discursos para o povo durante o governo do marido, Juan Domingo Perón. Não dá para dar tchau do balcão, mas dá para espiar a Praça de Mayo e imaginar o povo todo ali.

 

Anota aí

Casa Rosada

Calle Balcarce 50, Plaza de Mayo

3 comentários sobre “Casa Rosada tem visitas gratuitas nos fins de semana e feriados

Deixe uma resposta