Fotos trem curitiba morretes

Como é o passeio de trem de Curitiba a Morretes

O Brasil tem poucos passeios de trem e, por isso, quando soube que em Curitiba era possível fazer um, tratei de colocá-lo na minha listinha. Fazer o passeio é bem tranquilo, mas toma um dia inteiro.

Da Rodoferroviária de Curitiba sai, diariamente,o trem que vai até Morretes, passando pela Serra do Mar paranaense. A cidade é bem pequena e parece ter parado no tempo. A dica por lá é experimentar o Barreado num dos restaurantes, beber a cerveja local, tomar um sorvete na sorveteria e dar uma volta na praça.

O barreado é uma carne cozida dentro de uma panela de barro servida com farinha. Todos os restaurantes servem o prato e, alguns, só servem isso. Eu fui no Empório do Largo onde o rodízio de barreado com acompanhamentos custa R$ 43, e se for acompanhado de camarão R$ 57. Mas, como sou chata para comer, fui no filé mignon que custou R$ 48.

Morretes dicas Curitiba
A cidade é uma fofura e parece ter parado no tempo
Feirinha de Morretes
A feirinha com produtos como bala de banana 

O trem sai da Rodoferroviária de Curitiba às 8h15, e da estação de Morretes às 15h diariamente. A viagem é feita pela empresa Serra Verde Express e, apesar de não ser barato, vale a pena. A passagem de ida custa R$ 119 e a de volta R$99, mas como a viagem dura, pelo menos, três horas, o melhor é optar por um pacote turístico e fazer só um trecho de trem.

Trem Curitiba
O passeio de trem é feito pela Serra Verde Express

 

O pacote pôr-do-sol custa R$ 159 e, com ele, você vai de van pela manhã até Morretes e volta de trem acompanhado por um guia. A saída do passeio é da Rodoferroviária de Curitiba às 9h30. Chegamos em Morretes às 11h30, e pegamos o trem na volta às 15h.

A duração da viagem de volta depende dos outros trens porque a ferrovia é operada pela ALL Logísticas para o transporte de cargas. Então, o trem precisa parar em alguns momentos para outro veículo de carga passar. No meu caso, a viagem durou quase 4 horas, e chegamos em Curitiba por volta das 19h.

Trem Curitiba

No trem a minha dica é sentar do lado direito, mas as paisagens são bonitas dos dois lados. Durante a viagem é distribuído um lanchinho e uma bebida (refrigerante, mate ou água). E nem pense em dormir porque vai perder o visual. Para quem é do Rio, a paisagem lembra um pouco a da Floresta da Tijuca e pode não apresentar “novidades” na paisagem.

diana-viaja-trem.jpg

Durante a viagem de trem, o ponto mais legal é o Viaduto do Carvalho que dá a sensação do trem estar flutuando. A Ponte São João também é belíssima, assim como a Cachoeira Véu da Noiva. A nossa guia foi explicando toda a história da ferrovia, e mostrando os pontos mais bonitos. Como o tempo estava bom, o pôr do sol foi incrível, e tirei fotos muito bonitas das represas.

Paisagem trem Morretes
Represa do rio Ipiranga

Cachoeira Véu da noiva

Anote aí:

Serra Verde Express
Site: www.serraverdeexpress.com.br
Telefone:  (41) 3888.3488 e Whatsapp: (41) 8867-8022

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s