Jardim Botânico de Curitiba

Curitiba: dicas de viagem, o que fazer e onde se hospedar

Curitiba é uma cidade encantadora, daquelas que a gente visita e já quer voltar. Andei pesquisando e vi que a capital paranaense tem 1,8 milhão de habitantes, o equivalente a todo mundo que passa o Réveillon na Praia de Copacabana, no Rio. Talvez por isso ela consiga ser bem mais organizada, e encante tanta gente.

O ideal é visita-la em três dias: dois para a parte turística  da própria cidade, e uma para escapar até Morretes e fazer o passeio de trem. Tive apenas dois dias, mas consegui ver o que queria, incluindo a Cervejaria BodeBrown.  Curitiba tem dezenas de parques lindíssimos, além dos famosos Jardim Botânico e da Ópera de Arame. O bom é que se você mora no Sudeste, consegue comprar passagens aéreas bem baratas. Ida e volta pela Gol me custaram apenas R$ 210.

Diana

 

Como chegar em Curitiba de avião

O aeroporto Afonso Pena fica, na verdade, na cidade de São José dos Pinhais, a cerca de 20km de Curitiba. Há um ônibus executivo que leva para a cidade e custa só R$ 15 (http://www.aeroportoexecutivo.com.br). Ele faz pontos em lugares como a Rodoferroviária, a Rua 24 horas e o Shopping Estação. Para mim, a melhor opção é o Uber (desconto aqui) que até o centro da cidade ou ao Batel custa R$ 30. O táxi sai por R$ 60 ou R$ 65.

Onde se hospedar em Curitiba?

Nos fins de semana o preço dos hotéis em Curitiba fica mais baixo, sendo possível encontrar diárias a partir de R$ 130. Os hotéis do Centro são mais antigos, e a melhor rede hoteleira fica no Batel, o bairro com comércio e vida noturna mais agitada. O Ricardo Freire, do Viaje na Viagem, recomenda se hospedar por lá, e segui a dica dele na hora de reservar meu hotel.

O hotel que escolhi foi o Tulip Inn Batel porque consegui uma promoção bem maravilhosa e paguei R$ 200 em duas diárias. Bem pertinho dele ficam o Hard Rock Cafe Curitiba, o Shopping Curitiba e o Shopping Crystal. Outra opção legal e barata nessa área é o Ibis Curitiba Shopping , e mais um hotel bacana por lá é o Quality Hotel Curitiba.

Clique neste link e ganhe R$ 40 ao reservar um hotel no Booking.

O que fazer em Curitiba?

Curitiba é uma cidade muito fácil de andar e conhecer porque existe uma linha de ônibus que passa pelos principais pontos turísticos. A Linha Turismo custa R$ 45 e você pode descer reembarcar quatro vezes. Os ônibus circulam de terça-feira a domingo, das 9h às 17h30, e percorrem 46km.  Os ônibus passam a cada 30 minutos. A minha dica é pegar o ônibus em dois dias para conhecer tudo. Mas, se você só tiver um dia, escolha seus favoritos e divirta-se.

Dicas de Curitiba Linha Turismo

Como só tinha um dia, peguei o ônibus no Jardim Botânico e fiz as seguintes paradas: Museu Oscar Niemeyer, Bosque Alemão, Ópera de Arame/ Pedreira Paulo Leminski e Parque Tanguá. Fiquei morrendo de vontade de conhecer também o Memorial Ucraniano, o Bosque do Papa, a Torre Panorâmica e explorar a Santa Felicidade, o bairro italiano repleto de restaurantes enormes.

O que ver em Curitiba

Jardim Botânico

O jardim é a marca de Curitiba, e me surpreendi ao saber que ele foi criado apenas em 1991. A entrada é gratuita, mas não espere ver muitas espécies por lá. O grande atrativo é mesmo a estufa em formato de palácio, e os jardins bem cuidados. Sabia que as três cúpulas são uma homenagem aos 300 anos da cidade?

Curitiba Jardim Botânico

Bosque do Alemão 

Esse bosque em homenagem aos imigrantes é bem lindo e grande. Inaugurado em 1996, é a antiga chácara da família Schaffer. Por lá há uma trilha de João e Maria, uma casa encantada e uma vista legal da cidade. Não fiquei muito tempo porque estava um pouco deserto e eu estava sozinha.

Bosque Alemão Curitiba

Museu Oscar Niemeyer 

O que mais me impressionou no Museu, além da belíssima arquitetura, foi a quantidade de obras apreendidas pela Operação Lava-Jato que estão lá. No segundo andar procure pelas “Obras sob a guarda do Mon”. São umas três salas com mais de 40 obras de Miró, Vik Muniz, Miguel Rio Branco, entre outros artistas consagrados.

Depois, vá para o subsolo e, passando por um corredor branco incrível que parece não ter teto você chega ao outro lado e sobe até o olho. Até 20 de agosto há uma exposição sobre os Irmãos Campana. Se você ainda não conhece, Fernando e Humberto Campana são dois designers brasileiros muito talentosos. Eles já trabalharam com várias marcas, e têm obras em museus de todo o mundo. No Museu D’Orsay, em Paris, o café foi decorado por eles e leve o nome dos irmãos.

Museu Oscar Niemeyer

Operá de Arame/ Pedreira Paulo Leminski

A Ópera de Arame é um ligar lindo! Um palco integrado à natureza e que transmite uma sensação muito boa. No primeiro andar há um café onde vale fazer uma pausa. Já a Pedreira é onde acontecem grandes shows na cidade.

Ópera de Arame em Curitiba

Ópera de Arame

Ópera de Arame Curitiba

Parque Tanguá 

O meu fim de tarde foi abençoado com uma visita ao Parque Tanguá. O dia tava cinza, mas o céu ficou azul e o pôr do sol foi incrível. Esse parque é lindíssimo, e merece ser visitado com calma. Ele foi construído no lugar de antigas pedreiras, e tem um túnel que liga dois lagos lindos.

diana-viaja-parque-tangua
Fim de tarde no Parque Tanguá
Parque Tanguá Curitiba

Anúncios

22 comentários sobre “Curitiba: dicas de viagem, o que fazer e onde se hospedar

  1. Di, ótimo post. Já fui pra Curitiba algumas vezes, mas sempre a trabalho, e acabo não ficando mais tempo na cidade (por achar que não vale a pena). Mas pelo que li aqui, tem sim bastante coisa pra conhecer. Da próxima, vou esticar o final de semana para aproveitar.

    Beijao

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu adoooro Curitiba, acho uma cidade limpa, organizada e muito agradável! Fiquei 3 dias e também acho que foi bom para conhecer as coisas e ainda fazer o passeio de Morretes. Muito bom poder relembrar essa cidade linda no seu post!!

    Curtir

  3. Quantos lugares lindos para ir!!
    Fui somente uma vez e a trabalho, pude conhecer apenas o Jardim Botânico e já fiquei encantada com a cidade!
    Quero muito voltar para conhecer todos esses lugares e ir no famoso Hard Rock

    Curtir

  4. Eu adoro Curitiba! Viajava muito a trabalho pra lá e sempre conseguia dar uma esticadinha no Barigui ou ver alguma exposição no Museu Oscar Niemeyer. Acho a cidade uma graça e muito organizada, mas meu lugar preferido lá ainda é Parque Tanguá, que acho lindíssimo.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s