Silvio Santos é tema de exposição imperdível no MIS de São Paulo

Silvio Santos vem aí! O homem do baú é tema de uma exposição imperdível no Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS).  Dei um pulo na cidade este fim de semana e, claro, fui lá conferir mais sobre a história do camelô que virou um dos maiores comunicadores do nosso país. 

A visita à exposição dura cerca de uma hora ou um pouco mais se você for mais detalhista. São dois andares do museu, e você vai conhecer a história de Silvio Santos em paralelo com a história do rádio e da televisão.

O maior choque foi descobrir que o nome dele é Senor Abravanel (olha a certidão de nascimento). Ele começou a trabalhar na rádio continental, que tinha estúdios em Niterói, e ele ia de barca. Um dia teve a ideia de colocar alto-falantes para fazer anúncios. Logo, passou a fazer muito sucesso, chegando a o maior vendedor de cerveja Antactica do Rio.

Foi assim que ele conheceu São Paulo. Na cidade ele começou a trabalhar com caravanas de circos onde ganhou o apelido de “Peru que fala” porque ficava muito vermelho de vergonha na frente do público.

Como o sucesso passou ao rádio ao fez dezenas de programas e, finalmente, para a televisão nos anos 1960. Os programas de auditório e com sorteios e prêmios sempre fizeram parte das ideias de Silvio Santos.

Na exposição a parte mais legal (e interativa) me permitiu realizar um sonho: rodar o peão da casa própria do Baú da Felicidade. Além disso, ver a roleta do Qual é a Música?, Roda a Roda, Topa Tudo por Dinheiro e aquela cabine do Troca ou não troca?. Tem também um sofá do Namoro na TV e uma portinha da esperança.

Peão da casa própria

Muito legal ver a réplica desses cenários que, com certeza, fazem parte da vida de milhares de brasileiros. Quem nunca torceu por alguém na Porta da Esperança? Ou se achou o máximo por saber as respostas do Qual é a música?

Porta da esperança

A exposição permite ainda espiar a vila do Chavez e até entrar no baú dele (fiquei igual criança).  Há menções também aos famosos Show do Milhão e à Casa dos Artistas, nosso primeiro reality show do Brasil que era aquela bagunça maravilhosa.

A exposição é mesmo imperdível, e um passeio estilo bom e barato para quem visita São Paulo. Comprei meu ingresso no dia mesmo, na bilheteria por R$ 12, mas é importante comprar com antecedência para não ficar de fora. As filas estavam bem grandes e cheia de gente ansiosa para conhecer a história de Silvio Santos.

Fique ligado

Exposição Silvio Santos vem aí! no Museu da Imagem e do Som de São Paulo
Até 12 de março de 2017

Horário: 11h às 20h (terça a sexta-feira); 10h às 21h (sábados); e 10h às 19h (domingos e feriados). A bilheteria abre uma hora antes da visitação.

O ingresso antecipado online sem filas custa R$ 30 + taxas ou R$ 15 meia. Na bilheteria custa R$ 12 ou R$ 6 (meia). Pela internet a venda é feita pelo site Ingresso Rápido (confira aqui).

O MIS fica na Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s