Pastéis de Belém em Lisboa: tradição, sabor e amor

Nunca achei que um doce fosse ser a minha primeira experiência turística em Portugal, o primeiro país a habitar meu imaginário e que hoje também me dá cidadania. Mas acabou acontecendo quando um voo fez uma escala demorada em Lisboa. Saí do aeroporto e fui rumo à Belém comer os famosos pastéis que não tinha ideia se gostaria. E aproveitar para ir na Torre de Belém e no Mosteiro dos Jerônimos no mesmo bairro.

O pastel de Belém é um doce feito com uma massa folhada, um creme delicioso e coberto com canela a e açúcar que você polvinha livremente. Pedi um no balcão para experimentar e me apaixonei. Lá você vê a fabricação, mas ninguém te conta a receita, claro. O doce é copiado por aí, mas eu nem como porque minha memória afetiva fica mesmo com os originais. Durante minha última visita a Lisboa fui lá duas vezes lanchar, e teria ido mais vezes (#vaigordinha). Se Lisboa tivesse um sabor pra mim seria o dos pastéis de Belém.

pastel-belem-lisboa-dica-viagem
Pastéis de Belém antes de serem devorados com canela e açúcar 

Os tradicionais pastéis foram criados em 1820 como uma forma de ajudar a sustentar os monges que viviam no mosteiro. Mas durante a revolução liberal, os mosteiros e conventos foram fechados. E a receita teria sido vendida para um comerciante local em 1837. Assim, a receita “secreta” é feita até hoje no mesmo lugar.

Para chegar lá é muito fácil. Saindo da Praça do Comércio, você pode pegar o ônibus 714 (direção Outurela) que deixa na porta, e na volta o ponto de ônibus também é em frente e o mesmo 714 (direção Praça da Figueira) te leva.

Quando chegar na loja não se assuste se tiver filas na porta, vá direto ao fundo onde há outros salões. Você espera um pouco e o garçom prepara sua mesinha. Há outros doces no cardápio, mas pelo amor de Deus não saia de lá sem provar, pelo menos, um pastel. Apesar de ser superfamoso, o preço é bem camarada. Comi alguns, tomei café e não gastei nem cinco euros nas últimas vezes em 2015. O atendimento é maravilhoso, rápido e o lugar é lindo. Depois de comer os pastéis visite o mosteiro e a torre.

pasteis-belem-lisboa-dica-diana-viaja
Belém e os pastéis

Anota aí:

Pastel de Belém de Lisboa (o original, único e inesquecível)
Rua de Belém nº 84 a 92, Belém, Lisboa, Portugal
http://pasteisdebelem.pt/

fabrica-pasteis-belem-portugal
As delicias sendo fabricadas

Leia mais:

Como economizar em viagens?

Lisboa tem o melhor hostel do mundo

Como encontrar passagens baratas? 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Pastéis de Belém em Lisboa: tradição, sabor e amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s